Nissan planeja expandir produção de GT-R

Nissan-GTR-.jpg

O novo chefe de produção do Nissan GT-R, Kinishi Tanuma, disse ao Automotive News que pretende expandir a produção do supercarro.

Ele substituiu Kzutoshi Mizuno, que é considerado ‘’pai do GT-R’’, que decidiu se demitir. Rumores apontavam o fim do Godzilla, porém, com o novo chefe, irá acontecer justamente ao contrário. O número de GT-Rs fabricados será ainda maior.

No entanto, não será uma matéria fácil, pois os motores demoram um tempo significativo para ser fabricado. O 3.8l V6 é feito mão e eles têm apenas quatro engenheiros que conhecem o método ‘’Takumi’’, ou seja, fazê-lo com perfeição.

A Nissan conseguiu entregar 1118 GT-Rs nos Estados Unidos em 2012. Este ano, até o mês de setembro foram vendidas 952 unidades. Ano que vem promete ainda mais, pois, será apresentado o GT-R Nismo, que irá fazer 0-100 km/h em dois segundos.