Porsche apresenta nova geração do Turbo e Turbo S do 911

Porsche_Turbo_S 2.jpg

Essa semana a Porsche lançou a nova geração Turbo e Turbo S do seu modelo 911.

Porsche.png

Sob o capo, um novo motor turbo de 3.8-litros e seis cilindros, que produz 520hp para o modelo 911 Turbo e 560hp para o modelo Turbo S, o que não é um ganho muito grande para a geração anterior 997 que tinha 500hp para a Turbo e 530hp para a TurboS. A transmissão de sete marchas e dupla embreagem (PDK), agora possui a função start/stop, que desliga o motor do carro assim que parar num semáforo e ligado automaticamente assim que acelerador for pressionado novamente.

Para melhorar a distribuição de potência para os eixos dianteiros e traseiros, a Porsche desenvolveu um novo sistema de tração integral, controlada eletronicamente e que combinada com o novo sistema refrigerado a água, possibilita que mais torque seja direcionado para as rodas dianteiras. Combinados motor, transmissão e tração integral resultam em significantes ganhos de performance. O 911 Turbo com o opcional Sport Chrono Package Plus pode acelerar de 0 a 96 km/h em 3.2 segundos e chegando até 315 km/h. Já o modelo Turbo S faz o 0 a 96 km/h em 2.9 e sua velocidade final fica em 318 km/h.

A Porsche também introduz nos modelos Turbo e Turbo S seu sistema recentemente implementado no novo GT3, o de esterço das rodas traseiras. O novo sistema consiste em dois atuadores eletromecânicos e podendo chegar até 2.8 graus dependendo da velocidade do veículo. Isso possibilita uma melhor dirigibilidade tanto para o uso em autódromos quanto para as ruas. A Porsche garante que o 911 Turbo S com pneus de rua pode completar o North Loop do lendário circuito de Nürburgring bem abaixo dos 7:30. E para os que gostam de comparação, o Porsche Carrera GT tem o tempo de 7:28 no mesmo circuito.

Visualmente o 911 Turbo e Turbo S são 2,8 cm mais largos que os modelos Carrera e GT3. Para jogar a potencia no chão, nada menos que um novo jogo de rodas de alumínio forjadas de 20 polegadas. Na versão Turbo S a roda possui apenas um parafuso central, sistema similar ao que a Porsche utiliza em seus carros de corrida.

A Porsche desenvolveu um sistema aerodinâmico ativo, que pode ser ativado pelo piloto. Ele consiste em um spoiler dianteiro e um aerofólio traseiro retrátil que funcionam em três estágios. Quando selecionado o modo desejado, o spoiler e aerofólio se estendem para conseguir uma maior pressão aerodinâmica ou retraem para um modo mais eficiente e com menor arrasto.

O interior foi completamente redesenhado e alguns de seus opcionais são os bancos Sport Seat Plus com 18 ajustes e detalhes em fibra carbono. E para os que gostam de musica, o 911 Turbo e Turbo S já vêm equipados de fábrica com som Bose, mas como opcional pode se optar pelo sistema Burmester.

O modelo 911 Turbo ira custar a partir de $148.300,00 dólares, podendo variar de acordo com os opcionais desejados, enquanto isso seu irmão Turbo S começa em $180.100,00. Conforme informações extraoficiais, com muita sorte a Turbo S chegará no Brasil no final de 2013. Vale a pena lembrar que pela primeira vez na história a Turbo S poderá ser lançada antes da Turbo no Brasil. Mas não se tem ideia de preço.