Mercedes gasta quase R$3 bilhões na produção da Classe S

A nova Mercedes-Benz Classe S entra em produção na fábrica da empresa em Sindelfingen, na Alemanha. A fim de acomodar o novo modelo, a Mercedes investiu cerca de 1,3 bilhão de dólares (R$2,8,bilhões) no projeto.

Isto incluí 466 milhões de dólares (R$1 bilhão) em upgrade na fábrica, 173 milhões de dólares (R$363,3 milhões)  de melhoria para a prensa e 93 milhões de dólares (R$195,3 milhões) em melhorias para a linha de montagem.

Os funcionários também foram colocados em um extenso programa de treinamento para se familiarizarem com os novos equipamentos e processo de montagem, que seria mais um custo.

Segundo o diretor da fábrica de Sindelfingen, Dr Willi Reiss, ‘’Todos nós aqui em Sindelfingen estamos extremamente orgulhosos pelo fato da Classe S ser feita exclusivamente em nossa fábrica. Somos capazes de fazer um carro de alto escalão, de luxo, e nós fazemos o nosso melhor todos os dias. Tudo isso para satisfazer os nossos clientes do mundo todo. Com o objetivo de atender a demanda da nova Classe S vamos trabalhar sem direito a pausa durante os meses de verão’’ – finalizou

A Mercedes confirmou que haverá três novos modelos, além da versão longa, versão normal e a coupê. O que nos leva a acreditar que realmente teremos uma Classe S conversível, uma Pullman e outra que ainda é uma incógnita.