Porsche é processada por morte de Paul Walker e Roger Rodas

Kristine Rodas, esposa de Roger Rodas, decidiu processar a Porsche, pois, ela acredita que falhas na Carrera GT ocasionaram a morte de seu marido e de Paul Walker.

Embora os peritos falarem que o acidente foi ocasionado por excesso de velocidade, a ação judicial iniciada por Kristine afirma que ‘’o Carrera GT era inseguro para o seu uso em razão de defeitos em sua fabricação, design, testes de componentes e constituintes, de modo que não iria servir com segurança o seu propósito’’.

Além disso, ela disse que Rodas estava em torno de 88 km/h, embora os resultados da investigação digam que o carro estava a 150 km/h no momento do impacto. Mas o que Kristine está mais indignada é sobre a falta de segurança do superesportivo, como ausência de características de segurança no tanque de gasolina, uma falha na suspensão do veículo e uma ausência de uma gaiola.

Em contrapartida, o Carrera GT foi levado para a Porsche, onde passou uma minuciosa análise. Lá os engenheiros e mecânicos não encontraram nenhuma falha mecânica, somente os pneus que estavam com a validade vencida e algumas alterações de fábrica feitas por alguém não autorizado.