MotorgridCulture: ''Pista de Neuburg''

Nos dias 2 e 3 de Março de 2016, nós tivemos a oportunidade de conhecer uma pista um tanto quanto desconhecida, mas, ao mesmo tempo um tanto quanto divertida. A pista de Neuburg.

Tá, mas o que acontece dentro desta pista? Ela é de uso exclusivo da Audi e é lá onde a empresa usa como parte de desenvolvimento de seus modelos mais esportivos, como carros que disputam WEC e DTM.

Vamos primeiro conhecer a história do local. Ao chegar em Ingolstadt você nota que a cidade respira e gira em torno da Audi. Noventa por cento dos carros que circulam a região são da montadora local e percebendo nos mínimos detalhes, ainda sim, é possível ver que existe uma espécie de ‘clubismo’ pela marca. Obviamente, devido a quantidade de funcionários na fábrica que moram na bela cidade alemã.

Sempre competente em competições e com enorme pedigree, por que a Audi não teria um fantástico centro de tecnologia e desenvolvimento onde o foco são carros de corrida? Pois bem, há alguns minutos da sua sede, existe um local chamado Neuburg an der Donau (ou Neuburgo do Danubio) e até o primeiro semestre de 2014, um tanto quanto desconhecida para o mundo. Nos dias de hoje é sede do centro de desenvolvimento de uma das marcas mais vitoriosas do mundo em WEC e DTM.

E a convite da Audi do Brasil, nós tivemos a oportunidade de conhecer este jovem e divertido lugar, ou, podemos chamar de ‘parque de diversões’.

Imagine aquele dia cansativo, frio e ter acordar bem cedo, brigando com o fuso horário e do nada tudo muda. Ao entrar na recepção do local, uma injeção de adrenalina é injetada automaticamente e seu corpo, só de pensar que em alguns instantes você vai entrar naquela pista que está bem ao fundo, atrás das portas de vidro.

Acreditem, entrar num circuito deste, mesmo com um histórico recente, mas onde muitos carros com pedigree foram desenvolvidos, dá uma certe ansiedade. O prédio onde entramos tem dois andares. No piso térreo acontece as inscrições, toda aquela burocracia normal. No andar de cima existe uma espécie de restaurante com área de descanso, uma bela varanda com vista para toda pista e algumas salas onde acontecem os briefings. Um outro edifico onde estão os troféus e os escritórios.

Vamos para a parte mais bacana, a hora de pisar fundo. Olha, quando escrevo aqui PISAR FUNDO é acelerar MESMO. Não tem nada a ver com alguns cursos que acontecem no Brasil, onde você não pode fazer ‘’isso, aquilo e isso’’.  Querem saber somente de um detalhe ? O carro que nós pilotamos foi o novo Audi R8 V10 Plus, sensacional !! Mas falamos dele em outro texto.

Foi a nossa primeira vez em pista no exterior pelo Motorgrid Brasil, já tivemos a oportunidade de pilotar em alguns circuitos no Brasil, como: Interlagos, Capuava, Velocittà e pista de teste da Pirelli. Mas fora do solo nacional, essa foi a primeira. Não sei se por isso, mas com certeza teve um gostinho especial.

A pista em si é MUITO boa, não é difícil e nem travada. Ela tem muitas curvas de alta e algumas poucas de baixa. Podemos afirmar que o carro ajuda bastante na tocada, uma vez que estamos pilotando um carro muito moderno com torque em alta rotação e tração nas quatro rodas.

No final do dia, ainda conhecemos o outro edifício, onde ficam os troféus (e olha que são muitos) e as salas de escritórios. O resumo é que a Audi está com um belíssimo centro de desenvolvimento, perto de sua fábrica (isso ajuda e muito).

Querem mais uma informação importante ? Vocês podem fazer o curso lá também !! Procurem algum concessionário, ou, até mesmo alguém da Audi do Brasil, vejam as datas disponíveis e agende. 

Com certeza essa experiencia ficará por muitos e muitos anos em nossa cabeça. Você poderá conhecer o circuito através de um vídeo postado após as imagens retirado do YouTube.

Escrito por: Eduardo Schkair
Agradecimentos: Audi do Brasil (Christian Marxen)