Ferrari 458 Italia e Spider são convocadas para recall nos EUA

A Ferrari USA anunciou um recall que envolve 3.082 unidades vendidas da 458 Italia e Spider nos Estados Unidos. O motivo é um problema no dispositivo que permita que uma pessoa presa dentro do porta-malas do carro consiga abri-lo sem a ajuda de terceiros.

A Ferrari foi notificada, pois, atualmente o sistema permite que uma pessoa presa consiga destravar porta-malas, com isso ele fica entreaberto e essa pessoa não morre sufocada, porém, isso não é o suficiente para que o mesmo consiga sair de dentro do carro.

Nos Estados Unidos, todas as unidades comercializadas precisam ter este sistema funcionando corretamente. A montadora notificará os proprietários dos carros envolvidos e o reparo será feito de forma gratuita.

BMW do Brasil convoca 2.060 unidades para recall

BMW do Brasil convoca os proprietários dos modelos Série 1, Série 3, Série 5, X1, X3, X5, X6 e Z4 para a troca de parafusos do sistema variável do comando de válvulas do motor.

No total são 2.060 unidades envolvidas, fabricadas entre outubro 2009 e setembro de 2011. As versões dos modelos são 130i, 135i, 330i, 335i E90 e E93, 523i, 535i, 535i Gran Turismo, X1 XDrive 28i, X3 XDrive 35i, X5 XDrive 35i, X5 XDrive 30i, X6 XDrive 35i e Z4 23i.

Os parafusos podem se soltar, assim, causará perda de potência e parada do motor. A empresa atende pelo telefone 0800 7073578 e o site www.bmw.com.br.

GM convoca proprietário de Camaro para dois recalls

A GM do Brasil anunciou na última sexta-feira, dia 13, o recall do Camaro, modelo 2012, por problemas no airbag  frontal do lado do motorista.  Segundo a empresa, uma falha pode fazer com que o airbag não funcione em uma eventual colisão. O recall envolve os número de chassis: C9168246 a C9206504.

E os problemas não param por ai, mas, a GM do Brasil ainda não emitiu nenhuma nota oficial (somente a GM EUA). Mais de 511.528 unidades de toda a América do Norte fabricados entre 2010 - 2014 serão chamados também. Os proprietários serão avisados sobre a troca da chave do carro por uma outra versão.

O motivo? O motorista pode bater o joelho na chave e movimenta-la tirando-a da posição ‘’run’’. Com isso, o carro pode desligar e ocasionar algum acidente. Nós não sabemos se este problema é somente com os Camaros negociados na América do Norte.

Se você tem algum Camaro comprado por importação independente é bem provável que ele esteja entre esses 511.528.

2.500 unidades da Porsche Macan serão convocadas para realizar recall

A Porsche anunciou um recall de cerca de 2.500 unidades do seu mais novo crossover, a Macan. O problema estaria em alguns componentes do sistema de freio.

De acordo com a nota divulgada no site Automotive Europe, a falha foi descoberta pela própria Porsche e após alguns testes foi constatado que alguns componentes do sistema de travagem foram danificados durante o processo de fabricação.

A maioria dos modelos afetados são de especificação europeia, a mesma que temos no Brasil. A Porsche garantiu que o problema é exclusivo da Macan, que nenhum outro modelo foi afetado.

Vale a pena lembrar que a Macan foi apresentada há alguns dias no Brasil e teve seu preço divulgado: Macan S R$ 399.000,00 e Macan Turbo R$ 499.000,00.

A Stuttgart, representante oficial da marca no Brasil, ainda não divulgou nenhuma nota oficial.

Mercedes-Benz convoca recall de 283.867 unidades da Classe C

A Mercedes-Benz divulgou recall em 283.867 unidades da Classe C nos Estados Unidos e Canadá entre o ano de 2008 até 2011.

O problema está na luz traseira. A falha pode estar em uma ligação dos fios, com isso todas as luzes de trás se apagam. O reparo é necessário nas versões C300, C300 4Matic, C350 e C63 AMG.

Para corrigir o defeito, a Mercedes-Benz irá substituir o suporta da lâmpada e quaisquer conectores corroídos. A empresa notificará os proprietários sobre o recall em junho, mas, eles não terão todas as peças em estoque. Espera-se que até agosto ou setembro todos os carros estejam arrumados.

A Mercedes-Benz do Brasil não se pronunciou sobre o recall. Caso você tenha algum desses modelos de Classe C importado dos EUA, procure uma concessionária Mercedes para auxilia-lo da melhor forma.

Porsche trocará motor de todas unidades da 991 GT3

A Porsche anunciou oficialmente que os problemas de risco de incêndio do 911 GT3 estão relacionados com elementos de fixação das bielas.

O porta-voz da empresa, Nick Twork, anunciou que os fixadores das bielas causou o incêndio em duas 991 GT3. O bloco do motor rachou e vazou óleo no sistema de escapamento. Depois de alertar para que os proprietários não usassem seus carros, a Porsche vai substituir o motor de todas as unidades (total de 785).

Substituir o motor levará cerca de um dia. Twork não especificou quanto tempo levará para chegar todos os motores, mas promete que fará de tudo para ‘’fazer o mais rápido possível’.

Segundo o MGB apurou, temos somente uma 991 GT3 em solo nacional e faz parte da frota do representante oficial da marca, ou seja, nenhum cliente terá que se preocupar, todas que virão daqui para frente já terão um novo motor instalado.

Porsche fará recall em 785 unidades da 911 (991) GT3

Image000051.jpg

Berlim (Reuters) - A Porsche divulgou que fará recall em todas as 785 unidades do modelo 911 (991) GT3 entregues em TODO O MUNDO este ano.

A Volkswagen disse nesta quinta-feira, 20, que irá verificar os motores instalados na GT3, uma vez que alguns modelos pegaram fogo. Eles ainda recomendaram que os proprietários não utilizassem o carro.

Os engenheiros da Porsche ainda estão examinando a real causa dos incêndios.

Extra oficial: Alguns sites/fóruns especializados chegaram a dizer que o problema é causado por uma biela rachada.

[Recall] Todos os Aston Martin vendidos pelo representante oficial são convocados

Aston_Martin-AM_310_Vanquish_2013_1600x1200_wallpaper_03.jpg

Conforme nós noticiamos ontem, dia 6, a Aston Martin convoca 75% dos seus carros produzidos em 2007 e 2014 para um recall no braço do acelerador (Você poderá ver todos os detalhes clicando aqui).

E agora informamos em primeira mão para vocês que todos os Aston Martin vendidos pela importadora oficial no Brasil serão convocados para esse recall (fora os independentes).


‘’ No Brasil infelizmente todos os modelos trazidos por importação oficial terão que fazer o recall, ou seja, 100% dos modelos serão quase 90 carros. O recall consiste na troca do pedal do acelerador que pode partir devido a má qualidade do material, porém não se trata de um travamento de acelerador ou coisa assim, é simplesmente a quebra da peça e p carro fica sem aceleração.’’, confirma Leandro Malcervelli, funcionário da Aston Martin Brasil.


Se você tem um Aston Martin aqui no Brasil, nós do Motorgrid Brasil sugerimos que entre em contato com o representante oficial através do telefone 11-3016-5050 e agende seu recall.

 

Aston Martin compra material falsificado e convoca 75% de seus modelos produzidos de 2007 à 2014 para recall

aston.jpg

A notícia não é nada boa para a Aston Martin, nada menos que 75% dos seus veículos produzidos entre 2007  até os dias de hoje (17.590 unidades) são convocados para recall.

O motivo? A empresa britânica começou a comprar materiais de plástico de um fornecedor chinês, mas, esse fornecedor falsificava o material e usava componentes que imitavam plástico. O produto afetado seria o braço do pedal do acelerador. O chamado abrange modelos fabricados desde novembro de 2007 com volantes do lado direito. O novo Vanquish não foi afetado.

Segundo a Aston Martin, o rompimento da peça tem que ser substituído. Vale a pena lembrar que a empresa já convocou uma vez cerca 689 carros para corrigir o mesmo erro, quando um pedal de acelerador quebrou durante um evento de imprensa em março de 2013, mas pelo jeito eles não sabiam a real causa do problema.

A porta-voz da Aston, Sarah Calam, disse que vinte e dois veículos tiveram problema com essa peça e que felizmente não ouve nenhum acidente grave.

Porsche nega recall em carro que pegou fogo no Brasil

1 (1).jpg

Há alguns dias nós do Motorgrid Brasil divulgamos em primeira mão que uma Porsche Carrera S 991 pegou fogo no Brasil e agora ficamos sabemos através do Estado de Minas que a Stuttgart (concessionária e representante oficial da montadora alemã) negou que o 911 (991) tenha recall no Brasil.

O Estado de Minas ainda diz que quando o carro chega à concessionária ele é informado que ‘’estamos fazendo orçamento do conserto’’.

Resposta da Stuttgart Sportcar:

De acordo com Marcel Visconde, presidente da Stuttgart Sportcar, “as causas do incidente que resultou em combustão no 911 Carrera S ainda são desconhecidas, e neste primeiro momento não se descarta qualquer hipótese. Nosso centro técnico está vistoriando o carro sinistrado e o fato já foi comunicado à fábrica. Um completo relatório e fotografias da unidade em questão será enviado à Alemanha nos próximos dias. Com isso, pretendemos esclarecer exatamente o que aconteceu. 

Estamos diante de uma situação em que diversas hipóteses permanecem em aberto, não sendo possível neste momento conjecturar uma causa para esse incidente. O Centro Técnico da Stuttgart Sportcar está trabalhando em conjunto com a Porsche AG para que tais respostas sejam dadas ao cliente no menor prazo possível, sendo que realizaremos todos os esforços para suprir quaisquer necessidades de nosso cliente.”

BMW anuncia recall em 3.416 carros

2012-BMW-3-Series-F30-19-1024x682.jpg

 A BMW convoca proprietários dos modelos: 125i, 320i, 328i, 520i, 528i, X1 sDrive20i, X1 xDrive20i, X1 xDrive 28i, X3 xDrive 20i, X3 xDrive 28i e Z4 sDrive 20i, fabricados entre junho de 2012 e agosto de 2013, para verificar a capacidade de frenagem do sistema auxiliar do freio, que pode ocasionar falha no funcionamento da bomba de vácuo.

A falta de lubrificação gera perda gradual de eficiência do sistema, o que pode causar acidentes. A BMW diz que mesmo que o problema seja constatado, o carro continuará freando normalmente, porém, o reparo se faz necessário.

O cliente deverá entrar em contato em alguma concessionária autorizada da marca. Os serviços serão gratuitos e o tempo de trabalho poderá ser de até seis horas. 3.416 carros estão envolvidos no recall.

Confira a lista de chassis dos veículos envolvidos:

+ 125i:

De E609948 a E609994 ou J498269 a J498676

+ 320i:

De F382909 a F387597 ou F938525 a F940661

De J404541 a J409996 / J726502 a J729088

+ 328i:

De F236091 a F236099

F479805

De F480068 a F482762 ou F972530 a F973975

De J393525 a J393961 ou J537542 a J540271

E, ainda, J577797

+ 520i:

DY85472

+ 528i:

De D244681 a D245327 ou DW40688 a DW44641

+ X1 sDrive 20i:

De VT75775 a VT79048

+ X1 xDrive 20i:

VT70165 e VT70530

+ X1 xDrive 28i:

De VU29142 a VU29901

+ X3 xDrive 20i:

De 0G00004 a 0G16973 ou L906808 a L914995

+ X3 xDrive 28i:

De 0A03049 a 0A07949 ou 0C72817 a 0C76682

+ Z4 sDrive 20i:

De E987350 a E989155

 

Honda convoca proprietários do modelo FIT para recall

A Honda Automóveis do Brasil, pautada por seu princípio de respeito aos clientes, convoca os proprietários dos automóveis FIT relacionados a seguir a comparecerem, a partir de 22 de julho de 2013, a uma das concessionárias autorizadas da marca para a inspeção e, se necessário, reparo do interruptor principal de comando dos vidros elétricos.

É importante esclarecer que esta é uma convocação preventiva, incentivada pelo compromisso mundial da Honda com a segurança. Um novo componente dotado de melhorias está sendo desenvolvido no exterior e, tão logo seja possível, será realizada a substituição do item antigo.

Os modelos de chassis 4Z100001 até 8Z601735 com fabricação de 25/03/2003 até 05/09/2008 deverão comparecer a uma concessionária Honda para reparos.

Em algumas unidades poderá haver infiltração de água no interior do componente, o que pode causar curto circuito e, em casos extremos, risco de incêndio. Dependendo das circunstâncias, o sintoma acima poderá ocasionar um acidente com possibilidade de danos físicos e materiais aos ocupantes e/ou terceiros.

Verifique se o seu veículo necessita passar pelo reparo e realize o agendamento no site www.honda.com.br/recall/autos ou pelo 0800-701-3432 (segunda a sexta-feira, das 08h às 20h – horário de Brasília).

Este comunicado aplica-se a todos os veículos reparados ou não na campanha iniciada em 2010 para inspeção do mesmo componente.